Loading...

Era Bom que Trocássemos umas Ideias sobre o Assunto


Votos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de Utilizadores
Seja o primeiro a votar, clique na pontuação que deseja atribuír. Registe-se para votar.

Sinopse

Mário de Carvalho convoca-nos a todos. A nós e aos nossos conhecidos. Faz humor com ilusões e desilusões, amores e desamores, graças e desgraças. O Partido Comunista não escapa à ironia. Brilha a deslumbrante Lisboa, mas também outros locais e endereços. Eduarda Galvão é o protótipo da jovem jornalista. Jorge de Matos o professor cansado. Joel Strosse o pairar da esperança enquanto há vida. Entram outros burgueses, mais tímidos, mais atrevidos, mais abertos, mais recolhidos. O leitor reconhece-os facilmente, olhando em volta. Políticas também há algumas, bandeiras rubras, livros nas bibliotecas, uma revolução que entardeceu. Comparece o rio magnífico que Lisboa tem. E, já agora, que tal trocarmos umas ideias sobre o assunto?

Extras

Um romance marcante de Mário de Carvalho, o primeiro onde o autor coloca em evidência o seu descontentamento para com a sociedade, a política, o elitismo ideológico, a burocracia.
Protagonizado por dois filhos da Revolução de Abril, este é um livro que faz uma crítica social mordaz, mas bem-humorada, e que nos questiona sobre se «a realidade é muito abusadora». Logo no início do romance, fica a advertência: Este livro contém particularidades irritantes para os mais acostumados. Ainda mais para os menos. Tem caricaturas. Humores. Derivações. E alguns anacolutos.

Comentários

Precisa de se registar para aceder aos comentários.

Voltar

Top 10 de vendas

Novidades

Questão

Qual a secção do Portal da Literatura de que mais gosta?

Livros 43.31 %
Poesia 17.83 %
Também Escrevo 14.65 %
Escritores 11.46 %
Pensamentos 4.46 %
Adivinhas 2.55 %
Editoras 2.55 %
Provérbios 1.91 %
Vídeos 1.27 %

157 voto(s) até ao momento

Para poder votar é necessário estar registado no Portal da Literatura.
Registe-se

Este website contém 2779 autores e 6792 obras.