loading gif
Loading...

Apeirogon - Viagens Infinitas

Colum McCann

2021 Porto Editora

Sinopse

Rammi Elhanan e Bassam Aramin moram perto um do outro – contudo, habitam mundos completamente diferentes. Rami é israelita. Bassam é palestiniano. A matrícula de Rami é amarela. A matrícula de Bassam é verde. Rami demora 15 minutos até à Margem Ocidental. Bassam demora uma hora e meia a fazer o mesmo percurso.
Aqui, a geografia é tudo.
Ambos perderam as suas filhas. Smadar, filha de Rami, de 13 anos, foi morta por um bombista suicida. Abir, filha de Bassam, de 10, foi atingida por um membro da polícia fronteiriça, junto à escola. Trazia um doce no bolso que ainda não tinha tido tempo de comer.
Rami e Bassam tornam-se melhores amigos.
Neste romance épico – que se apresenta com o mesmo nome da forma geométrica com um número contavelmente infinito de lados – Colum McCann atravessa séculos e continentes, entrelaçando tempo, arte, história, natureza e política numa tapeçaria de amizade, amor, perda e pertença. Musical, forte, delicado e ambicioso, este é um livro para os nossos tempos, por um escritor no auge dos seus poderes.

Extras

“Este é um livro fabuloso... O efeito é absolutamente avassalador e deixa-nos de rastos."
Elizabeth Strout
 
“Um romance francamente extraordinário.”
Kamila Shamsie
 
“O próprio conceito de romance, do que pode ser e do que é capaz de comportar, expandiu-se de forma definitiva.”
Michael Cunningham
 
"Há poesia, mesmo nas piores circunstâncias da vida humana. Há livros que deviam ser de leitura obrigatória e este "Apeirogon" é um deles.
Jornal Económico (Et cetera)
 
"Numa escrita cheia de derivações, construiu um romance de uma beleza com muitas arestas. Entre fábulas, mitos, o horror e a linguagem da guerra, interligações históricas, a geopolítica e a observação dos pássaros, dá uma nova perspectiva do conflito entre Israel e a Palestina a partir do que há de mais singular: cada vida, o infinito de sentimentos, as contradições, o amor, a morte, a desconstrução da ideia de verdade, o absurdo. São 1001 capítulos, metáfora da fuga à morte das duas filhas por parte daqueles dois pais, homens de carne e osso que insistem em contar a sua história para que ela não morra. McCann faz isso da maneira mais difícil, nunca deixando que o sentimentalismo tome conta ou entre. Seria um dos actos mais desonestos que poderia cometer enquanto autor de Apeirogon, romance tão belo quanto doloroso de que não se deve fugir por nenhum motivo. “Neste livro está tudo o que me importa”, confirma.
Isabel Lucas, Público
 
“Um romance que nos resgata o coração. Uma obra-prima, um romance que mudará o mundo – e aqui está algo que não vemos todos os dias.”
The Guardian
 
“Uma história audaciosa e humana de reconciliação.”
Financial Times

Comentários


Ainda não existem comentários para este livro.

Favoritos

Pedro Peixoto adicionou aos favoritos
number1 m adicionou aos favoritos

Outros livros de Colum McCann

Quem gostou deste livro também gostou de:

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal