loading gif
Loading...

Nenhum Olhar



Sinopse

Numa aldeia do Alentejo, com um pano de fundo de uma severa pobreza, o autor vai tecendo histórias de homens e mulheres, endurecidos pela fome e pelo trabalho, de amor, ciúme e violência: o pastor taciturno que vê o seu mundo desmoronar-se quando o diabo lhe conta que a mulher o engana; o velho e sábio Gabriel, confidente e conselheiro; os gémeos siameses Elias e Moisés, cuja terna comunhão se degrada no momento em que um deles se apaixona; ou o próprio Diabo. As suas personagens são universais, assim como a sua esperança face à dificuldade. «... a partir da segunda ou terceira sequência ficamos seguros de que a inclinação é fatal: vamos embater num limite, num muro, num enigma, na origem do mundo e no desastre final...»

Extras

O autor reúne dois factores: a realidade de muitas vidas alentejanas e o surrealismo que se desprende das vidas que se viveram/vivem em determinados locais do Alentejo. Ganhou o prémio José Saramago e já foi traduzido em várias línguas.

Comentários


Ainda não existem comentários para este livro.

Avaliações

Carlos Lopes avaliou com .
Nuno Mocho avaliou com .
Luís Santos avaliou com .
Juliana avaliou com .

Favoritos

Carlos Lopes adicionou aos favoritos
Luís Santos adicionou aos favoritos
Lisa Henriques adicionou aos favoritos

Outros livros de José Luís Peixoto

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal