A minha conta
 
Lembrar a sua password?
Registe-se | Recuperar password?
Parceiros
Website do escritor português Carlos Porfirio
Plataforma online de envio de mensagens SMS
Criação e desenvolvimento de websites Bases de dados de empresas de Portugal e Espanha
Fotografia, Vídeo e Web Design
Ajudamos a editar um Livro
Agenda de Eventos Literários
Setembro 2014
SegTerQuaQuiSexDom
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930 
Inscreva-se na newsletter e receba notícias literárias




Lídia Jorge (1946)

ver web site do autor
Votos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de Utilizadores
Com 2 voto(s)


Biografia de Lídia Jorge

Lídia Jorge nasceu em Boliqueime, Algarve, em 1946. Licenciou-se em Filologia Românica pela Universidade de Lisboa, tendo sido professora do Ensino Secundário. Foi nessa condição que passou alguns anos decisivos em Angola e Moçambique, durante o último período da Guerra Colonial. A publicação do seu primeiro romance, O Dia dos Prodígios (1980) constituiu um acontecimento num período em que se inaugurava uma nova fase da Literatura Portuguesa. Seguiram-se os romances O Cais das Merendas (1982) e Notícia da Cidade Silvestre (1984), ambos distinguidos com o Prémio Literário Cidade de Lisboa. Mas foi com A Costa dos Murmúrios (1988), livro que reflecte a experiência colonial passada em África, que a autora confirmou o seu destacado lugar no panorama das Letras portuguesas. Entre outros romances, conta-se O Vale da Paixão (1998) galardoado com o Prémio Dom Dinis da Fundação da Casa de Mateus, o Prémio Bordallo de Literatura da Casa da Imprensa, o Prémio Máxima de Literatura, o Prémio de Ficção do P.E.N. Clube, e em 2000, o Prémio Jean Monet de Literatura Europeia, Escritor Europeu do Ano. Passados quatro anos, Lídia Jorge publicou O Vento Assobiando nas Gruas (2002), romance que mereceu o Grande Prémio da Associação Portuguesa de Escritores e o Prémio Correntes d’Escritas.

A autora publicou ainda duas antologias de contos, Marido e Outros Contos (1997) e O Belo Adormecido (2003), para além das publicações separadas de A Instrumentalina (1992) e O Conto do Nadador (1992). A peça de teatro A Maçon foi levada à cena no Teatro Nacional Dona Maria II, em 1997. O romance A Costa dos Murmúrios foi recentemente adaptado ao Cinema por Margarida Cardoso. Os romances de Lídia Jorge encontram-se traduzidos em diversas línguas. Em 2006, a autora foi distinguida na Alemanha, com a primeira edição do Albatroz, Prémio Internacional de Literatura da Fundação Günter Grass, atribuído pelo conjunto da sua obra. Combateremos a Sombra, apresentado no dia 22 de Março, na Casa Fernando Pessoa, em Lisboa, é o seu mais recente romance, e o Grande Prémio SPA-Millennium a sua mais recente distinção.

Em Portugal todos os seus livros têm a chancela das Publicações Dom Quixote

Livros escritos por Lídia Jorge

Vídeos de Lídia Jorge

Clique para visualizar.

Crítica Literária Miguel Real
Crítica Literária por Miguel Real
Crítica Literária por Miguel Real
Pesquisar autores e livros


O TOP 10 de vendas de livros

Top 10 de vendas em Portugal
Top 10 de vendas no Brasil


Escritores Angolanos
Escritores Moçambicanos



Votação
Qual a secção do Portal da Literatura de que mais gosta?

Escritores17,07%
Livros34,15%
Vídeos4,88%
Provérbios2,44%
Pensamentos9,76%
Também Escrevo14,63%
Poesia14,63%
Editoras2,44%
Adivinhas0%

41 voto(s) até ao momento
VOTA JÁ
(para poder votar é necessário estar registado no Portal da Literatura)
Este website contém 2383 autores e 6594 obras geridos por 5 utilizadores.

TOP Nuvem de referências


Nuvem de referências