loading gif
Loading...

Folheando com... Rosa Lobato de Faria


A Alma Trocada

2007-11-30

Dispensa apresentações, não há quem não a conheça. Falamos de Rosa Lobato Faria a quem tivemos o prazer de entrevistar.

Nasceu em Lisboa, é poetisa, romancista, argumentista, cronista e actriz de teatro, cinema e televisão, sendo igualmente autora de letras de canções e fados. Em que papel se sente melhor, Rosa Lobato Faria?

Romancista, porque é a que me dá mais prazer.


Recentemente lançou o romance A Alma Trocada, um tema sobre a homossexualidade masculina. Porque optou por este tema? A mesma pergunta, mas de um outro ângulo: porque optou por uma história de homossexualidade masculina em vez da feminina?

O romancista não escolhe os temas. São os temas que o escolhem.


Parece-lhe ser este um tema crucial nas sociedades actuais?

Não, de modo nenhum. É um tema corrente.


Saiu cintilante do banho, nu como um deus, belo como uma estátua de Miguel Ângelo e por um segundo pensei que ele era meu, que aquela maravilha era coisa minha e ele chegou-se a mim, ainda despido e mordeu-me a nádega com força, como se tivesse adivinhado o meu pensamento e me viesse colocar o seu ferro como costumava fazer aos cavalos.

Onde é que se inspirou para escrever sobre um gay lisboeta e sobre as vivências que tão bem relata no seu livro?

O narrador é o protagonista, eu limito-me a dar-lhe voz.

 

Como têm reagido os seus leitores? Há algum outro aspecto que queira contar aos visitantes do Portal da Literatura?

Os meus leitores têm reagido muitíssimo bem. Recebo muitas cartas de leitores que se identificam com as minhas personagens.


Houve algum escritor marcante na sua formação literária? E dos autores contemporâneos, há algum a que se queira referir?

Como é evidente houve muitos autores que me marcaram como escritora, incluindo muitos contemporâneos, como por exemplo Thomas Mann, Proust, Camilo, Eça, os latinos americanos de um modo geral.


Ler bastante é quase sempre uma característica de quem escreve. Que livros gosta de ler e de quais mais gostou em 2007?

Gostei de Canário de Rodrigo Guedes de Carvalho e Rio das Flores de Miguel Sousa Tavares.

Comentários


Ainda não existem comentários para este questionário.

Mais entrevistas

Voltar

Área de utilizador

Top 10 de vendas

Novidades

Faça o login na sua conta do Portal