loading gif
Loading...

A Estreia do Auto da Índia

João Paulo Oliveira e Costa

2021 Temas e Debates

Sinopse

Numa tarde da primavera do ano de 1509, a pacatez de Almada é sobressaltada pelo aparecimento de Zeferino, um antigo degredado, vindo da Índia, que encontra a sua esposa casada com o sobrinho do alcaide; o degredado percebe então que a sua morte tinha sido anunciada havia sete anos. E, embora seja atirado de novo para os calabouços, Zeferino não desiste da sua Filipa. No mesmo dia começam a chegar à vila Gil Vicente e os atores que iriam representar dentro de poucas semanas o Auto da Índia. Atores, atrizes e auxiliares preparam a peça de enredo imprevisto sob a atenção de uma fidalga empertigada e por entre jogos de sedução de desfechos inesperados e por vezes infelizes. A protagonista do auto é uma cristã-nova, de memórias tristes, que tem o seu marido na Índia. Entretanto, o desassossego toma conta da vila: Vasco de Melo, chefe dos espiões d’el-rei, e os seus auxiliares montam o cerco a um pirata e em poucos dias ocorrem quatro assassinatos, envoltos num mistério insolúvel; a única pista é uma velha, logo transformada em bruxa, mas o alcaide também levanta suspeitas. Finalmente, a vila sossega e a rainha D. Leonor assiste à estreia do Auto da Índia sem saber que perto de si está a pessoa responsável pelos terríveis quatro crimes que atemorizaram a vila; enquanto isso, uma nau da Índia chega a Cascais e o enredo teatral torna-se realidade. Este romance é, por isso mesmo, uma belíssima história de mulheres deixadas para trás, enquanto as naus da Índia mudavam o mundo.

Comentários


Ainda não existem comentários para este livro.

Favoritos

Ana Nunes adicionou aos favoritos

Outros livros de João Paulo Oliveira e Costa

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal