loading gif
Loading...

Sinopse

O homem que fugiu de Auschwitz para avisar o mundo

Um herói complexo. Uma história esquecida. A primeira testemunha a revelar toda a verdade sobre o Holocausto.

Em abril de 1944, Rudolf Vrba, de 19 anos, e Fred Wetzler tornaram-se os primeiros judeus a fugir de Auschwitz. Passaram sob cercas eletrificadas e por torres de vigilância fortemente armadas, escaparam a milhares de homens das SS e aos seus cães enraivecidos, percorreram pântanos, montanhas e rios em direção à liberdade. A missão de Vrba: revelar ao mundo a verdade do Holocausto.

Na fábrica da morte de Auschwitz, Vrba tornou-se uma testemunha ocular de quase todas as fases arrepiantes do processo industrial de genocídio nazi. Quanto mais via, mais convicto ficava da necessidade de avisar os judeus da Europa acerca do destino que os aguardava. Vrba reteve cada detalhe na sua memória, arriscando tudo para recolher os primeiros dados da Solução Final. Após a sua fuga, essa informação formaria um inestimável relatório de trinta e duas páginas que chegaria às mãos de Roosevelt, de Churchill e do papa e que acabaria por salvar mais de 200 000 vidas.

Mas a fuga de Auschwitz não foi a sua última. Depois da guerra, continuou a fugir do seu passado, do seu país de origem, do seu país adotivo, e até mesmo do seu próprio nome. Poucos sabiam da ação verdadeiramente extraordinária que tinha levado a cabo.

Graças ao trabalho de Jonathan Freedland, podemos conhecer finalmente o heroísmo de Rudolf Vrba. Ele passará a ocupar o merecido lugar ao lado das personalidades cujas histórias definem o capítulo mais sombrio da história.

Extras

«Uma leitura emocionante, uma narrativa redentora e uma obra de importante pesquisa histórica do Holocausto... não consegui largar o livro antes de acabar de lê-lo.»
Simon Sebag Montefiore, autor de Jerusalém – A biografia e Os Romanov

«Um clássico instantâneo da literatura do Holocausto. Magnificamente investigado e escrito, é ao mesmo tempo uma história apaixonante e profundamente comovente. Fui incapaz de parar de ler.»
Sir Antony Beevor, autor de A Segunda Guerra Mundial, O Dia D e Rússia – Revolução e Guerra Civil (1917-1921)

«Se pensa que sabe tudo sobre o Holocausto, este livro de Jonathan Freedland, imersivo, devastador e, em última análise, redentor, será uma revelação. (…) Escrito com o ritmo urgente e envolvente de Freedland, O Mestre da Fuga é profundo no pensamento e sem limites na sua humanidade. Um clássico moderno na literatura sobre a maior atrocidade.»
Sir Simon Schama, autor de História dos Judeus

«Um livro brilhante e arrebatador, com lições universais e oportunas sobre o poder da informação — e da desinformação. Será possível deter o genocídio em massa dizendo a verdade?»
Yuval Noah Harari, autor bestseller de Sapiens – História Breve da Humanidade e Homo Deus – História Breve do Amanhã

Comentários


Ainda não existem comentários para este livro.

Voltar

Área de utilizador

Top 10 de vendas

Novidades

Faça o login na sua conta do Portal