loading gif
Loading...

A Vida era Assim em Middlemarch



Sinopse

Middlemarch (1871-72) é o mais importante romance saído do período vitoriano. Nele, George Eliot aborda todos os temas fulcrais da vida moderna: arte, religião, ciência, política, carácter, sociedade e relações humanas. Entre as suas personagens estão algumas das mais notáveis da literatura inglesa: Dorothea Brooke (a heroína), Rosamond Vincy (bela e egoísta), Edward Casaubon (o estudioso), Tertius Lydgate (um médico brilhante de duvidosa moralidade), Will Ladislaw (o artista) e Fred Vincy e Mary Garth (namorados de infância).

Críticas ao livro " A Vida era Assim em Middlemarch "

Fonte: Ana Luisa Alves

“A Vida era Assim em Middlemarch” é considerada a melhor obra de George Eliot. Foi publicado depois de a escritora já ser bem conhecida, no ano de 1872. Não sendo apenas um romance vitoriano, é também o retrato perfeito de uma época, estranha aos nossos olhos, onde o estatuto social era tudo e na qual o amor nem sempre bastava.
“Middlemarch” narra os principais acontecimentos na vida dos habitantes da região e o modo como estas vidas, apesar de independentes, se acabam por cruzar perante a adversidade que sobre elas recai.
Doroteia é a personagem central deste enredo. Ela é a pureza personificada, capaz de fazer ver o mal de Middlemarch e com o desejo de só o bem fazer. Com o decorrer do romance, esta personagem contrai matrimónio com o senhor Casaubon, um homem muito mais velho que cativa Doroteia com a sua aparente erudição. Este casamento acaba por se tornar numa desilusão para uma jovem como Doroteia, que, vendo que o seu marido nunca partilharia consigo o seu conhecimento, se sente desprezada e enclausurada. Encarada como uma personagem autobiográfica, depois deste casamento infeliz e após muitas contradições, Doroteia acaba por contrair um segundo matrimónio com o primo do seu primeiro marido, Ladislaw.
Além desta personagem, a história magnificamente escrita por George Eliot, está repleta de muitas outras tramas.
A vida de Lydgate, um médico acabado de chegar, que se apaixona por Rosemonde Vincy, e que por esta abandona a sua dedicação completa à ciência para lhe dispensar quase toda a sua atenção. O casamento acaba por se tornar numa maldição para Lydgate, que, ao ficar endividado e desprezado pela sua mulher, o vê como destruidor de todos os seus sonhos.
A intriga em torno de Bulstrode, um influente homem em Middlemarch, mas com um passado obscuro, a paixão do infantil Fred Vincy pela madura Mary Garth, a crítica à baixa posição que a mulher ocupava na sociedade 

“- Não pretendo discutir política com uma senhora – replicou o senhor Brooke, num ar de amável indiferença, mas com uma impressão desagradável – O seu sexo não tem pensadores, sabe, varium et mutabile semper, e outras coisas parecidas.” 

e muitas outras personagens e ideias fazem de “A Vida era Assim em Middlermarch” uma exposição da complexidade humana que é um prazer ler.

Comentários


A mostrar os últimos 20 comentários:

Marco Antunes , 22/08/2018 18:11

Domingos, leia o Prelúdio que você não interromperá a leitura até acabar.

0 0

Domingos , 24/06/2018 04:45

Estou, particularmente, muito enteressado nessa obra Middlmarch". Gostaria de mais informações sobre a mesma.

1 0

Avaliações

Aglaé Gil avaliou com .
Marco Antunes avaliou com .

Favoritos

Ramon Oliveira adicionou aos favoritos
Rafa Peri adicionou aos favoritos
Domingos adicionou aos favoritos

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal