loading gif
Loading...

Obras do Diabinho da Mão Furada



Sinopse

O livro Obras do Diabinho da Mão Furada é uma peque­na jóia da literatura portuguesa. Foi escrito no século XVIII, quando em Portugal ainda as garras da Inquisição se faziam sentir. A Inquisição vitimou, aliás, o autor, António José da Silva, conhecido como O Judeu, queimando-o, em auto-de-fé, em Lisboa, em 1739. 

O soldado Peralta, vindo das guerras da Flandres, dirige-se a Lisboa. No Alentejo, encontra um ser demoníaco, o Diabi­nho da Mão Furada, que o irá acompanhar na viagem, tentan­do-o ao pecado. Conseguirá Peralta resistir?

Pelo caminho, o demónio faz das suas: cria divisões, espa­lha a confusão, faz travessuras, divertindo-se sempre. Peralta depara-se com personagens excêntricas e situações insólitas. Viaja até ao Inferno, vê os tormentos por que passam as almas pecadoras. Visita o palácio onde se encontram os sete peca­dos capitais.

Foge da casa da Cobiça. O real e o sobrenatural misturam-se em pleno Alentejo, numa verdadeira novela dia­bólica.

Oriundo de uma família de cristãos-novos que se refugiara no Brasil, António José da Silva Coutinho é considerado o dramaturgo português mais importante entre Gil Vicente e Almeida Garret.

Comentários


Ainda não existem comentários para este livro.

Favoritos

Sofia Filipe adicionou aos favoritos

Outros livros de António José da Silva (O Judeu)

Quem gostou deste livro também gostou de:

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal