loading gif
Loading...

Notícias



Novidades Leya (Editoras, várias) para Outubro

01 Out, 2021

Conheça aqui as novidades das várias chancelas Leya para Outubro.

CAMINHO

Museu da Revolução, João Paulo Borges Coelho – romance

(Nas livrarias a 5 outubro)

Conheci Jei-Jei numa manhã cinzenta que dediquei a visitar o Museu da Revolução. Preparava-me para observar os expositores do primeiro andar, onde se dá conta da resistência ao colonialismo, quando senti crescerem os rumores de uma manifestação de protesto no Jardim 28 de Maio, do outro lado da rua. Notara-a já à chegada, uma pequena concentração de Magermanes, os trabalhadores emigrantes que haviam prestado serviço na velha Alemanha socialista e agora, há muito regressados, continuavam a reivindicar uma parte dos seus salários que diziam estar retida pelo Governo. Agitavam cartazes e bandeiras, e por um momento parecia que os dias festivos do nosso próprio socialismo estavam de regresso. A certa altura ouvi dois estampidos e desci para a entrada do Museu a fim de espreitar o que acontecia lá fora.

A Confissão e a Culpa  (3º. Vol. da Triologia do Mindelo), de Germano Almeida – romance

(nas livrarias a 19 outubro)

O presente romance, com o sugestivo título de A Confissão e a Culpa, fecha um conjunto de três obras que o autor veio agora a enquadrar sob o título geral de Trilogia do Mindelo. Os outros dois romances, já publicados, são O Fiel Defunto e O Último Mugido. Neles se relata um acontecimento ocorrido na cidade do Mindelo, ilha de São Vicente do arquipélago de Cabo Verde. Esse acontecimento, que comoveu o país, foi o estranho e inesperado assassinato do famoso escritor cabo-verdiano Miguel Lopes Macieira, glória da ilha, pelo seu amigo mais próximo, o Engenheiro Edmundo do Rosário, precisamente na concorrida sessão de lançamento do seu mais recente livro, aguardado com grande expectativa por todos os mindelenses.

No primeiro volume, O Fiel Defunto, descreve-se em pormenor o assassinato e tudo o que sucedeu em sem redor; no segundo volume, O Último Mugido, relata-se os acontecimentos que tiveram lugar ao longo do ano que se seguiu ao assassinato. Sob o rígido comando da viúva, Mariza Silveira, que montou uma operação de merchandizing de acordo com as mais modernas regras desta arte, Macieira é transformado em herói póstumo, por meio de uma sequência de iniciativas inventadas e promovidas por Mariza até à consagração final, a carbonização dos seus restos mortais por meio de uma pira, à maneira indiana.

Através de todos estes acontecimentos, o autor como que nos faz ver, como num filme, a vida quotidiana do povo do Mindelo quando perturbada por um acontecimento inesperado. No entanto, no final do segundo volume permanece uma pergunta que o leitor se coloca logo a partir das primeiras palavras da primeira linha do primeiro volume: “Toda a gente foi apanhada de surpresa, pelo que ninguém tentou impedir o assassinato do mais conhecido e traduzido escritor das ilhas, breves momentos antes do início da cerimónia de apresentação do que acabou por ser a sua última obra.”

Sensível a esta “falha”, porventura intencional, o autor vem agora oferecer-nos a oportunidade de encontrarmos a resposta à pergunta: Por que motivo Edmundo do Rosário assassinou o seu melhor amigo precisamente quando ele se preparava para ser uma vez mais aplaudido pelo povo do Mindelo. É esse o assunto deste terceiro volume desta trilogia, A Confissão e a Culpa. Tem a palavra o assassino.  

O Caçador de Elefantes Invisíveis, de Mia Couto – Crónicas

(nas livrarias a 26 de outubro)

Depois do romance O Mapeador de Ausências, publicado há menos de um ano, em Novembro de 2020, e que conta já com três edições, Mia Couto volta a um género literário que pratica com reconhecida mestria desde a sua primeira obra em prosa, a coletânea Vozes Anoitecidas, que a Caminho publicou no já longínquo ano de 1987.

O Caçador de Elefantes Invisíveis recolhe sob este título, que é também o de um dos contos antologiados, as belas histórias que a revista Visão vem publicando mensalmente. Aproveitou a oportunidade para lhes dar uma demão, mais ou menos intensa aqui e ali, e presenteia-nos com um livro que está à altura das melhores obras que neste género se escreveram em língua portuguesa. O estilo é sóbrio e preciso, os temas são vários e diversos, o lugar donde o autor vê o mundo e o retrata neste livro é tão amplo que nele cabe tudo. Entre a história do pobre velho, ou melhor, de um velho pobre que recebe em casa um enfermeiro em serviço de rastreio da covid 19, e, já no fim do livro, a conversa das estátuas que descem dos seus pedestais, descem e não são derrubadas, para conversarem sobre os males e os equívocos deste mundo, entre uma e outra destas histórias o leitor encontra  personagens e cenas que não lhe sairão tão cedo da memória. O Caçador de Elefantes Invisíveis é uma vez mais Mia Couto no seu melhor.

 

Oficina do Livro

Tu és capaz!, Susana Teixeira

(nas livrarias a 12 outubro)

Depois do sucesso do seu primeiro livro NUNCA DESISTAS DE TI, Susana Teixeira regressa com mais uma ode à nossa resiliência e um apelo à concretização dos nossos sonhos em TU ÉS CAPAZ. A autora tem mais de 400 mil seguidores!

No tom amável, sincero e corajoso a que já nos habituou, neste novo livro a autora ajuda-nos a encontrar a nossa força mesmo nos momentos menos bons, a percebermos que a sorte somos nós que a fazemos e a aceitarmos que tudo o que nos acontece são oportunidades de conseguirmos ser sempre melhores. «Ao longo do nosso caminho aprendemos que é preciso ter olhos que vejam o melhor (nos outros), um coração que saiba perdoar o pior, uma mente que esqueça o mau e uma alma que nunca perde a fé de acreditar.» SUSANA TEIXEIRA

A Esperança é Mesmo o Farol. Um Testemunho na Primeira Pessoa Para Acabar de Vez Com o Tabu da Depressão, de João Barbosa

(nas livrarias a 19 outubro)

João Barbosa vive e convive com a depressão desde sempre. Sabe o que é ser atraiçoado pelo desespero e passar meses seguidos debaixo de uma nuvem negra que lhe suga todo o ânimo e torna a felicidade, por mais fugaz, um sentimento impossível. Neste testemunho na primeira pessoa, marcado por uma franqueza e coragem desarmantes, lembra, ainda assim, que a depressão não tem de ser o fim do mundo, embora se apresente demasiadas vezes dessa forma a quem carrega este fardo insuportável. Num tom desassombrado, o autor passa em revista a sua vida, as suas relações com os outros, consigo mesmo e com os seus próprios demónios, e revela-nos como a depressão se foi instalando e conquistando espaço na sua existência até assumir proporções infernais. A centelha de esperança que conseguiu preservar, mesmo nos momentos mais sombrios, serviu-lhe de farol para sobreviver à tempestade – mas nem sempre é assim. Um livro raro na sua autenticidade, que quebra mitos e tabus sobre a depressão e que é, simultaneamente, uma mão estendida a quem precisa e um grito de alerta para o mundo

Reconstrução Mamária, de Maria do Céu Oliveira Martins, de João Tavares e Rui Bastos

(nas livrarias a 19 de outubro)

Um livro que informa e ajuda pacientes, famílias, profissionais de saúde e todos quantos lidam com este processo associado ao cancro da mama.

A medicina é surpreendente e são cada vez mais as mulheres que sobrevivem a um cancro da mama. Mas esta é apenas a primeira paragem de um longo caminho que estas mulheres vão percorrer e que poderá ter na reconstrução mamária a fase final e, simultaneamente, o princípio de uma nova vida, já sem uma doença que representa um quarto de todos os cancros femininos. Assim para os médicos Rui Bastos e João Tavares, especialistas com milhares de cirurgias realizadas e para a Enfermeira Maria Do Céu Oliveira Martins, com mais de três décadas de experiência no acompanhamento de pacientes, a razão de um livro sobre reconstrução mamária é a mesma que levou os seus autores a abraçar esta especialidade: ajudar a mudar para melhor. Nas páginas deste livro são encontradas as respostas às duvidas mais frequentes sobre estes processos, bem como, informações mais e menos técnicas sobre os possíveis procedimentos disponíveis no sistema de saúde e com que profissionais se podem aconselhar aquelas que vão passar por estes momentos

 

ASA BD

 

MURENA 11 – LEMÚRIA, de Jean Dufaux e Theo Caneschi

(nas livrarias a 5 outubro)

Estamos na Roma Antiga e o imperador Cláudio assiste a mais um combate de gladiadores, que se defrontam em plena arena com a vã esperança de sobreviver. À margem destes trágicos acontecimentos, outros complôs se tecem na sombra, sempre sob o mesmo pano de fundo: o poder!

ASTÉRIX 39 - ASTÉRIX E O GRIFO, de de JeanYves Ferri e Didier Conrad

(lançamento mundial 21 outubro)

Novo álbum das aventuras de Astérix (o nº 39), assinado pela mesma dupla de autores que já foi responsável pelos quatro álbuns anteriores: Astérix entre os Pictos (2013), O Papiro de César (2015), Astérix e a Transitálica (2017) e A Filha de Vercingétorix (2019). O lançamento será simultâneo em todo o mundo e ocorrerá em 21 de outubro de 2021, sendo que a ASA irá lançar uma versão em português (na data do lançamento mundial) e outra em mirandês (a lançar no início de 2022). Como já é habitual, os pormenores sobre este novo álbum estiveram (e em grande parte continuam) envoltos no mais rigoroso sigilo. Para já, sabe-se apenas que, desta vez, o 39º álbum das Aventuras de Astérix vai levar os nossos heróis numa longa viagem em busca de uma estranha e aterradora criatura que dá pelo nome de GRIFO.

Infantil / Juvenil

 

GAILIVRO infantil

As Aventuras de Zé Leitão e Maria Cavalinho - A Fabulosa Fábula Lilás, de Pedro Leitão

(nas livrarias a 5 outubro)

Décima quarta aventura da família Leitão.

A Vitória vai visitar o Filipe, a casa da família Cavalinho Leitão. Para grande surpresa, a Vitória vai conhecer um tesouro muito valioso da família, a magnifica estante onde estão todas as personagens, objetos e cenários feitos pelos alunos e professores das escolas que o Pedro Leitão visitou com as suas Aventuras de Zé Leitão e Maria Cavalinho. Desde A Viagem no carro Encarnado até A Invencível Vitória Carmim, mas falta mais uma história para completar o espaço em branco, e o primeiro trabalho será o desenho realizado pela Vitória, uma banda desenhada! Que emocionante, é o nascimento d’A Fabulosa Fábula Lilás!

Escape Room: Consegues Sair do Museu, de Gareth Moore

(nas livrarias a 19 outubro)

Vais viver uma aventura com conhecimento enquanto jogas um jogo.

És capaz de resolver todos os quebra-cabeças e SAIR DO MUSEU? Ao percorreres a galeria vazia do Egipto, o som dos teus passos faz eco e um arrepio invade-te o corpo. Algo não está bem. Tentas sair, mas as portas não abrem – estão trancadas. É melhor começares a procurar uma saída alternativa! Com este livro interativo, vive a experiência de um escape room sem saíres de casa. Dentro do envelope encontrarás cartões com pistas e objetos para destacares. A tua tarefa é saber qual deles deves utilizar para conseguires resolver cada um dos enigmas, fugindo assim das seis misteriosas galerias, que apresentam desde Vikings maldosos a dinossauros aterradores!

 

Dom Quixote infantil

 

Kyma e Safi: A Viagem de uma Onda, de Francisco Duarte Alegre e ilustrações de Chico Bolila

(nas livrarias a 12 outubro)

«Era uma vez uma onda, que antes de ser onda era vento e tempestade.» É assim que começa esta história repleta de cheiro a maresia, de salpicos de água, de rajadas de vento e da viagem de uma onda, Kyma, até encontrar uma menina valente, Safi. Uma história que nos ensina a respeitar o oceano, que nos apresenta a liberdade e que nos faz sonhar com dias perfeitos e objetivos cumpridos. Às palavras delicadas e cheias de sensibilidade de Francisco Alegre Duarte, juntam-se as ilustrações coloridas e cheias de vida de Chico Bolila

 

Oficina do Livro infantil

 

O Livro que te vai Salvar dos Monstros da Noite, de Mitch Frost e Daron Parton

(Nas livrarias a 5 outubro)

Tens dificuldade em adormecer ou acordas durante a noite com medo de monstros? Monstros escuros? Monstros redondos? MONSTROS ROBÓTICOSDANÇARINOS!? Então este livro é para ti! Segue estes dez passos e nunca mais serás incomodado por qualquer tipo de monstro. Nem mesmo aqueles esquisitos em forma de cenoura. É perfeito para as crianças que receiam o que poderá estar a espreitar debaixo da cama, atrás da porta ou em outro canto do quarto...

Mundo Misterioso do Zé, de Jack Ryder

(nas livrarias a 19 outubro)

Chegámos ao derradeiro final da história do Zé e do seu Bando Secreto. Estás preparado? Depois de o Zé, o Bruno e o Raul terem descoberto a Flor, que os apresenta a um mundo de magia, onde podem conversar com animais e voar como pássaros, o bando atravessa um portal para outro mundo, em busca do pai desaparecido da Flor. Mas encontrá-lo é apenas o primeiro passo, porque o pai dela, o homem responsável pela magia, tem uma missão para o grupo. E eles vão precisar de todos os poderes mágicos e mais alguns.

 

ASA infantil

 

Tenta Escapar das Catacumbas!, de Fabien Clavel

(nas livrarias a 19 outubro)

AVENTURA BASEADA NO CÉLEBRE JOGO “UNLOCK!

Tu és o AFONSO e adoras a adrenalina de um bom enigma! Com um grupo de amigos, tomaste conhecimento de uma série de rumores que vos fizeram querer descer às catacumbas da vossa escola para os investigar. Mas agora, para escapar, todos contam com a tua perspicácia, espírito de aventura e resiliência. RESOLVE OS ENIGMAS PARA ESCAPAR DAS CATACUMBAS!

 

CAMINHO infantil

 

Vamos à Caça do Urso - Pop Up, de Michael Rosen e Helen Oxenburry

(nas livrarias a 19 outubro)

Vamos à caça do Urso. Vamos apanhar um bem grande. Queres também vir connosco? Abre esta admirável aventura tridimensional e diverte-te a caçar o urso.

Comente esta notícia


Ainda não existem comentários para esta notícia.

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal