Loading...

Poema e Poesia de Maria Teresa Horta

Amor
Maria Teresa Horta

Anjos do Apocalipse – II

Este é o anjo do apocalipse 
com a sua espada 
filva 

funda 

Embainhada na nossa 
vagina 

Ei-lo que rompe 
o espaço 
com a espada 

com o esperma 

Anjo da justiça 
com o seu pénis 

Caminham com estandartes 
Com espadas e paixão 
Numa erecção calada 

São os anjos do ódio 
com a sua raiva 
alada 

Vestem o corpo 
com o brilho das armaduras 
e do vidro 

e só depois voam... 

Os arcanjos do sonho 
com as suas asas 
nocturnas de veludo 

São os arcanjos 
do sonho 

Usando comigo 
a sua espada 
de aço 

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal

Subscreva a Newsletter do Portal da Literatura

e receba os destaques e as novidades no seu e-mail.