loading gif
Loading...

Poema e Poesia de Sophia de Mello Breyner Andresen

É o teu rosto ainda que eu procuro 
Através do terror e da distância 
Para a reconstrução de um mundo puro. 

em "No mar novo", 1958 

Voltar

Área de utilizador

Top 10 de vendas

Novidades

Faça o login na sua conta do Portal