loading gif
Loading...

Poema e Poesia de Natália Correia

Amor
Natália Correia

Escrito numa ânfora grega

E o teu amor que espalha a tinta
Na minha tela da cor da sede
Paisagem que a tua paixão pinta
Para eu pendurar numa parede.

Candidatura a bem-amado
Das minhas núpcias de aracnídeo,
Contigo a ver-me de um telhado,
Altura própria para um suicídio.

Mas prometida a um olhar marujo
Na lenda de um Fáon que nunca chega,
Quanto mais me amas, mais eu te fujo.
Falta cumprir a sina grega.



em "Poesia Completa"

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal