Loading...

António Santos


Votos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de Utilizadores
Com 1 voto(s). Registe-se para votar.

Biografia

Escritor, autor, jornalista.
(Nome de autor registado na Sociedade Portuguesa de Autores desde 1973 (nº 105402), no Registo Oficial da Propriedade Intelectual no Palácio Foz, em Lisboa, e no Sindicato dos Jornalistas, desde 1973, com o nº 438 e Carteira Profissional nº 238).

António Santos tem descrito um percurso jornalístico notável. Colunista em diversas publicações, criador de emissões para rádio e televisão, repórter, pivot, editor, coordenador de informação, autor de programas televisivos como Jornalinho &ndash distinguido com o Troféu Regra de Ouro/RTP e o Troféu Verbo/85 &ndash e de programas radiofónicos como As Noites Longas do FM Estéreo, que também realizou e apresentou, António Santos foi ainda Consultor da Administração da RTP e Assessor de Imprensa e Coordenador de Comunicação do Primeiro-Ministro nos XIII e XIV Governos Constitucionais. Actualmente, para além da escrita, exerce actividade docente pontual sobre Comunicação, Imagem e Marketing Político a convite de instituições como a Universidade Nova de Lisboa, o Cenjor-Formação para Jornalistas ou o INA &ndash Instituto Nacional da Administração. Tem já publicadas as obras Os Sapos Vivos Estão pela Hora da Morte e As Noites Longas do FM Estéreo.

Livros escritos por António Santos

O Contador de Retratos (2013)

Deixei-te o Sorriso em Casa (2010)

O Pescador de Girassóis (2007)

Os Sapos Vivos estão pela Hora da Morte (2003)

As Noites Longas - do FM Estéreo (1986)



Informações adicionais

- PRÉMIOS/DISTINÇÕES PROFISSIONAIS -

Sete de Ouro/1987:
"Melhor autor/realizador de Rádio - As Noites Longas do FM Estéreo&rdquo.

Troféu Nova Gente/1984:
"Melhor apresentador de Rádio - As Noites Longas do FM Estéreo&rdquo.

Prémio Regra de Ouro - RTP/1985:
"Melhor autor de Televisão - programa Jornalinho&rdquo.

Troféu Verbo/1985:
"Melhor divulgação de livros - programa Jornalinho/RTP".

Nomeações para o Sete de Ouro:
-1984, 1985 e 1986 - para "melhor autor de Televisão".
-1989, 1990 e 1991 - para "melhor jornalista/apresentador de Televisão".
-1982, 1983, 1984, 1985, 1986 e 1987 - para "melhor autor, realizador e apresentador
de Rádio.

Comentários


A mostrar os últimos 20 comentários:

Maria João Nunes, 2017-05-19 14:56:37

Antes do seu livro mais recente, O Contador de Retratos, de 2013, em 2010 António Santos publica o seu quarto livro (e segundo romance) Deixei-te o Sorriso em Casa, depois da saída de O Pescador de Girassóis, também romance, no ano de 2007. Em 2003 edita a colectânea de contos Os Sapos Vivos estão pela Hora da Morte. Antes disso (1986), numa co-autoria, lança a selecção de textos As Noites Longas do Fm-Estéreo, título homónimo do programa que criou, realizou e apresentou na Rádio Comercial durante quatro anos.
António Santos é jornalista desde 1973. Na RTP foi repórter, editor, chefe de redacção, coordenador de notícias, pivô de noticiários (Informação-2, Jornal das 9) e autor de conteúdos televisivos como o Jornalinho, um telejornal para os mais novos. Na imprensa assinou crónicas regulares na Gazeta dos Desportos, Record, O Jornal, O Diário, Tempo Livre e Visão.
Nos XIII e XIV Governos Constitucionais, foi o coordenador de comunicação e o assessor de imprensa do Primeiro-Ministro António Guterres.

Voltar

Top 10 de vendas

Novidades

Questão

Qual a secção do Portal da Literatura de que mais gosta?

Livros 46.91 %
Poesia 17.53 %
Também Escrevo 13.40 %
Escritores 10.31 %
Pensamentos 4.12 %
Adivinhas 2.58 %
Editoras 2.06 %
Provérbios 2.06 %
Vídeos 1.03 %

194 voto(s) até ao momento

Para poder votar é necessário estar registado no Portal da Literatura.
Registe-se

Este website contém 2910 autores e 7043 obras.

Subscreva a Newsletter do Portal da Literatura

E recebe os destaques e as novidades no seu email.