loading gif
Loading...

A Parábola do Cágado Velho

Pepetela

1997

Sinopse

Nesta obra Pepetela volta a um caminho que se anuncia em Muana Puó e que é o percurso de dialogar com os velhos mitos angolanos. É novamente um trabalho muito ligado às tradições angolanas. Outra analogia que podemos encontrar é o facto de voltarmos a ter, nesta obra, uma estória de amor num cenário de luta, o cenário angolano depois das eleições de 1992 com o eclodir da guerra, é a marca que o autor transporta nesta obra embora o livro não se refira nunca a uma época específica.

Na Parábola do Cágado Velho temos a guerra em Angola vista pelos olhos do camponês.

O livro traz-nos todas as culturas misturadas, sem qualquer preocupação de enquadramento histórico ou geográfico. A obra faz muito recurso a partes das culturas africanas. Todas misturadas."Está tudo subvertido naquele livro, até a geografia...de propósito. É um microcosmo que representa o país." - feito por Pepetela este retrato de Angola, talvez na intenção de retratar uma identidade e de frisar que as misturas culturais angolanas não se fazem só nas regiões urbanas.

A Parábola do Cágado Velho : uma estória, como um grande rio onde outras estórias se misturam e se resolvem.

Comentários


A mostrar os últimos 20 comentários:

Paula Ferraz , 30/08/2020 20:14

Sobre cada um de nós

0 0

Avaliações

trexik afgun avaliou com .
DragonCraft73 avaliou com .
Vitor Almeida avaliou com .
Paula Ferraz avaliou com .
Afrow Cheezay avaliou com .
Rafael Joaquim avaliou com .

Favoritos

Nélia Alves adicionou aos favoritos
Valdemar Sumbelelo adicionou aos favoritos
Bruno adicionou aos favoritos
Raul Pambassage adicionou aos favoritos
Paula Ferraz adicionou aos favoritos
Esther Coutinho adicionou aos favoritos
Rafael Joaquim adicionou aos favoritos

Quem gostou deste livro também gostou de:

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal