loading gif
Loading...

O Museu Desaparecido



Sinopse

Entre 1939 e 1944, a ocupação de França pelas tropas nazis provocou o desaparecimento de mais de 100 mil obras de arte pertencentes a judeus, maçons e opositores políticos. Entre estas encontravam-se quadros de Cézanne, Monet, Degas, Picasso, Matisse, Van Gogh, Rembrandt... Muitas deles foram enviadas para a Alemanha, para integraram o futuro museu de arte europeia que Hitler planeara criar em Linz, na Áustria.
Finalista do Prémio Pulitzer na categoria de não-ficção, O Museu Desaparecido descreve o saque sistemático efectuado pelo III Reich e desmonta uma fabulosa rede internacional de comércio de arte com ligações nos EUA, França, Alemanha, Suíça e antiga União Soviética.
Como se de um thriller se tratasse, o livro segue o destino das obras enquanto estas passam das mãos de altas patentes alemãs a marchands sem escrúpulos e a cúmplices involuntários, como é o caso de curadores de museus, galerias de arte e prestigiadas casas leiloeiras.
De leitura empolgante, este livro é um verdadeiro modelo de jornalismo de investigação e despertou fortes polémicas por todo o mundo com a devolução de diversas obras de arte.

Comentários


Ainda não existem comentários para este livro.

Voltar

Área de utilizador

Top 10 de vendas

Novidades

Faça o login na sua conta do Portal