loading gif
Loading...

Maddie: A Verdade da Mentira

Gonçalo Amaral

2008

Sinopse

Ninguém, à excepção dos pais de Maddie, sabe tão bem o que se passou naquela noite fatídica de 3 de Maio de 2007. Gonçalo Amaral escreve na perspectiva da investigação por si conduzida e tem uma forte preocupação factual e de objectividade. Além disso, o livro contém revelações originais e esclarece muitos dos mais controversos aspectos do caso. O texto está apoiado por infogramas e fotografias que facilitam a compreensão do leitor e ilustram os passos da investigação e da conclusão obtida – por mais terrível que a mesma seja: Maddie está morta desde o dia do seu desaparecimento.
Para o autor do livro, Madeleine Beth McCann é a principal preocupação – é ela a vítima, e são as vítimas que têm de ser defendidas pela polícia e perseguidos os culpados do seu sofrimento. Tendo-lhe sido impossibilitado solucionar o caso, devido ao seu afastamento, quando se encontrava eminente a recolha de testemunhos vitais, preferiu abandonar a vida policial activa e retomar a liberdade de expressão não só para lavar a honra das calúnias que sobre si foram lançadas, mas para ajudar a que o caso não caia no esquecimento e a que, mais tarde ou mais cedo, o processo seja reaberto e feita justiça.

Comentários


A mostrar os últimos 20 comentários:

Fabiana Oliveira , 09/07/2017 06:38

Só tenho certeza de que foram os pais os principais e verdadeiros suspeitos nesse caso.

0 0

Nídia Mendonça , 17/07/2009 14:10

Estou de acordo com Maria José. É mai do que notório que Gonçalo Amaral é m investigador criminal e não um escritor. Ele tinha tudo para ter um bom livro: tinha factos, tinha o interesse do mundo no bizarro caso, tinha a fama... mas não soube escrever a história devidamente. Se não tivesse ficado interessada nos factos diria que ler o livro foi uma perda de tempo.

0 0

Maria Parreira , 27/08/2008 11:31

Muito circunstanciado, adivinha-se um extremo cuidado no rigor do pormenor.
No entanto, existem raciocínios algo confabulados, que contêm um salto para o que se não sabe.
Muitas justificações para as insuficiências de resultados, mas quase sempre com a "culpa" em terceiros....
Enfim, gostei de conhecer alguns pormenores. E adivinhei tristeza e frustração no autor

0 0

Avaliações

Lucas Carlos avaliou com .
Daiana Santos avaliou com .
Ricardo Silva avaliou com .
Angela Esteves avaliou com .
isabel monteiro avaliou com .
Filomena Pinto avaliou com .

Favoritos

Vivien Góis adicionou aos favoritos
Paulo Lobo adicionou aos favoritos
Lucas Carlos adicionou aos favoritos
Ricardo Silva adicionou aos favoritos
Cristina Seelaender adicionou aos favoritos
Daiana Santos adicionou aos favoritos
Ricardo Silva adicionou aos favoritos
Marcia Fernandes adicionou aos favoritos
Carla Lemos adicionou aos favoritos
Rodrigo Caravantes adicionou aos favoritos
Filomena Pinto adicionou aos favoritos

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal