loading gif
Loading...

O Pincel é uma Arma



Sinopse

O livro O Pincel é uma arma resulta, essencialmente, do projecto de investigação da tese de doutoramento em Museologia apresentada e defendida recentemente na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, "Paleta Contemporânea – Museu de Causas. Bases de um projecto museológico solidário: Eu e os outros".
Este trabalho defende a criação de um verdadeiro museu de causas, político, que preserve e conserve duas colecções constituídas por mais de 6500 obras de pintura, desenho, escultura, fotografia e objectos e promova a inclusão social.
Pretendendo ser uma instituição museológica que se afirme como um verdadeiro polo cultural e se transforme num polo catalizador de arte contemporânea em Portugal, protagonizando ao desenvolvimento do processo criativo e das suas potencialidades de intervenção social.
Os temas centrais de análise, discussão e exposição são, indiscutivelmente, a mulher, a literatura e a intervenção social.
A componente social será, a que mais apela aos problemas do mundo contemporâneo, como as injustiças, a guerra, a fome, o desemprego, a degradação dos direitos dos trabalhadores, a corrupção, a fraude fiscal, a sobreposição do poder económico sobre os mais importantes valores da condição humana.
Enfim, um sem número de dramas que formam o cerne da produção artística de Agostinho Santos, que neste projecto se transforma numa espécie de laboratório de ideias promotor de debate, reflexão e questionamento.
É, deste modo, que se aspira à criação de um autêntico Museu de Causas, um museu politico que, a partir das suas colecções, convoque a comunidade artística a abordar plasticamente as questões que tão drasticamente continuam a inquietar e a afectar a sociedade contemporânea e se faça voz pelos sofredores, dos que acreditam numa sociedade civil, política, económica e cultural mais justa e acessível a todos.

Comentários


Ainda não existem comentários para este livro.

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal