loading gif
Loading...

Guardados Numa Gaveta Imaginária



Sinopse

Guardados Numa Gaveta Imaginária…  é o título do livro de estreia da poeta, tradutora e professora angolana Tchiangui Cruz, cujas raízes portuguesas, cabo-verdianas e indianas criam uma interessantíssima massala cultural, tão rica quanto a sua poesia.
Os poemas reunidos no livro foram escritos entre 2014 e 2016. A autora, Tchiangui Cruz, bebeu inspiração em situações do quotidiano, nos rituais da vida em Luanda, incluindo os da infância, e exprimem sentimentos, emoções, estados de alma de um eu lírico.
Uma poesia de natureza fragmentária, expressa por vezes em prosa e fazendo uso da chamada «licença poética», a permissão para extrapolar a norma culta da língua e aproximá-la da linguagem oral, neste caso, da fala popular luandense, denunciando o carácter fingidor da poesia.
Em paralelo à temática autobiográfica, amorosa e feminina, transversal a vários poemas, a escrita ela mesma é um dos temas, resgatando uma vontade de escrever desde a adolescência – os «poemas guardados numa gaveta» – e elaborando certa reflexão sobre o próprio acto de fazer poesia.

Extras

José Luís Mendonça (escritor, poeta):

«Esta poesia foge muito da tendência actual de grande parte dos jovens poetas angolanos, que segue uma linha discursiva livresca ou dicionarista, em que a teoria da literatura se sobrepõe ao conhecimento lunar do acervo literário do país e de outras latitudes do planeta, fruto, também, mas não só, da fraqueza didáctica do ensino em Angola. […] Do legado poético dos precursores, Tchiangui Cruz reergue Viriato, “sinto o sol, sinto o vento / vindo de Luanda”. E nas pedras das calçadas da cidade, ela segue “os passos / de Eugénia, caminhando pelas ruas lado a lado / com o poeta, / segredando intenções, avançando com cautela, / procurando pelo bairro os estudantes / do Império.”»

Comentários


Ainda não existem comentários para este livro.

Avaliações

João Octávio avaliou com .

Favoritos

fernando faria adicionou aos favoritos

Quem gostou deste livro também gostou de:

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal