loading gif
Loading...

Notícias



Novidades editoriais Leya para Fevereiro

27 Jan, 2020

Novidades editoriais da Leya para o mês de Fevereiro, entre elas, A Educação dos Gafanhotos, de David Machado (DOM QUIXOTE); Aprender a Falar com as Plantas, de Marta Orriols (DOM QUIXOTE); A Mais Preciosa Mercadoria, de Jean-Claude Grumberg (DOM QUIXOTE); Sem Nunca Chegar ao Cimo, de Paolo Cognetti (DOM QUIXOTE); A Fábula, de William Faulkner (DOM QUIXOTE); O Informador, de Jan-Erik Fjell (DOM QUIXOTE) e Todos Devemos ser Feministas, de Chimamanda Ngozi Adichie - Versão Infantil e Ilustrada (DOM QUIXOTE).

A Educação dos Gafanhotos
David Machado
DOM QUIXOTE
No Verão de 2001, David e Marco celebram o fim do curso com uma viagem pelos Estados Unidos, para fugirem das rotinas, das convenções, das famílias, e para, à sua maneira, gozarem a independência.
A Educação dos Gafanhotos é a história dessa marcante aventura: das dificuldades que os dois jovens amigos têm de ultrapassar, das conversas insólitas que travam com quem vão conhecendo, das longas noites passadas em bares da América profunda, das personagens que, a todo o instante, encarnam. É também o relato do abalo provocado neles pelo ataque terrorista do 11 de Setembro.
Na senda da viagem fascinante de Índice Médio de Felicidade, com a maturidade de Debaixo da Pele, o presente romance é um retrato de uma juventude em plena efervescência, para quem a literatura é um passaporte para a liberdade e a quem a realidade por vezes troca as voltas.
Nas livrarias a 18 de Fevereiro

Aprender a Falar com as Plantas
Marta Orriols
DOM QUIXOTE - Tradução de Maria João Teixeira Moreno
Paula Cid é uma neonatologista de 42 anos. Apaixonada pelo seu trabalho e mergulhada na rotina de um relacionamento acomodado, perde o companheiro num acidente poucas horas depois de ele a ter convidado para um almoço em que lhe disse que havia outra mulher na sua vida e ia sair de casa. Juntamente com o choque de uma morte estúpida e prematura, Paula terá, pois, de enfrentar o desgosto de ter sido abandonada e de lidar não apenas com o luto, mas sobretudo com o ressentimento e o rancor.
Aprender a Falar com as Plantas confirmou Marta Orriols, que já tinha publicado contos, como uma das autoras espanholas mais interessantes da atualidade. Vencedor dos prémios Òmnium e L’Illa dels Llibres, o romance reflete os meandros da alma feminina, levando-nos em segundos da dor à ternura, do sorriso à emoção mais dramática.
Marta Orriols estará em Portugal de 17 a 21 de Fevereiro para promover este romance e participar, na Póvoa de Varzim, no Festival Literário Correntes d’Escritas.
Nas livrarias a 11 de Fevereiro

A Mais Preciosa Mercadoria
Jean-Claude Grumberg
DOM QUIXOTE - Tradução de Luísa Benvinda Álvares
Era uma vez um casal de lenhadores muito pobres que vivia numa floresta, por onde passava um comboio de mercadorias. Como estavam em guerra e era inverno, não tinham quase nada para comer. Por isso, a lenhadora sonhava que um dia alguém lhe atiraria uma coisa boa e deliciosa do comboio. Os lenhadores não tinham filhos, o que para ele era um alívio mas, para ela, um grande desgosto.
Era uma vez um casal de judeus que viajava num comboio com dois bebés praticamente recém-nascidos. O pai sabia que não iam para um lugar nada bonito e, ao atravessar a floresta, teve uma ideia bastante insensata…
Vendido em mais de dez países, finalista de uma série de prémios literários, escolhido pelo realizador Michel Hazanavicius para ser em breve um filme de animação, A Mais Preciosa Mercadoria é uma fábula sobre Auschwitz que se inspira num episódio real e não cessa de perturbar e comover leitores em todo o mundo, sobretudo por ter essa rara qualidade de poder ser lida por pessoas de todas as idades.
Nas livrarias a 29 de Fevereiro

Sem Nunca Chegar ao Cimo
Paolo Cognetti
DOM QUIXOTE - Tradução de Diogo Madre Deus
O que é ir para a montanha sem a conquista do cimo? Um ato de não violência, um desejo de compreender, uma busca em torno do sentido da própria ação de caminhar.
Na tradição da melhor literatura de viagem, Sem nunca Chegar ao Cimo é muito mais do que um diário de viagem. É a história profunda, terna e estimulante do confronto com os nossos limites físicos, da erosão de muitas certezas antigas, da beleza das pequenas coisas e de como podemos encontrar o equilíbrio interior.
No seu estilo único, poético e elegante, Paolo Cognetti conta-nos esta experiência inesquecível, em que o poder da amizade, a magnificência da natureza, a diversidade dos lugares que descobriu e das pessoas que conheceu, os altos e baixos dos trilhos percorridos e as diferenças de altitude são como uma viagem da mente, do corpo e do espírito.
Nas livrarias a 25 de Fevereiro

A Fábula
William Faulkner
DOM QUIXOTE - Tradução de Maria João Freire de Andrade
A Fábula, uma história alegórica da Primeira Grande Guerra, passada nas trincheiras em França e que retrata um motim num regimento francês, foi originalmente considerada um afastamento vincado das obras anteriores de Faulkner. Nos últimos tempos começou a ser considerado como um dos seus principais romances e uma parte essencial da obra do autor. O próprio Faulkner combateu na guerra, e as descrições que faz dela «ascendem ao magnífico», segundo o New York Times, e incluem, nas palavras de Malcolm Cowley, «algumas das cenas mais poderosas que Faulkner alguma vez concebeu.»
Este romance foi galardoado com o Prémio Pulitzer bem como com o National Book Award em 1955.
Nas livrarias a 25 de Fevereiro

O Informador - Prémio dos Livreiros da Noruega
Jan-Erik Fjell
DOM QUIXOTE - Tradução de João Reis
Nova Iorque, década de 1960. Vincent Giordano foi admitido na máfia italiana, na infame família Locatelli, e é submetido ao seu batismo de fogo: executar um informador.
Fredrikstad, na atualidade. Wilhelm Martiniussen, dono de uma petrolífera norueguesa, é assassinado logo após ter anunciado uma mudança inesperada na política da sua empresa. Motivado por preocupações ambientais, havia decidido abandonar um projeto bastante lucrativo e investir nas energias renováveis, o que traria grandes perdas aos membros da direção. Há, por isso, razões para acreditar que o seu assassinato teve motivos financeiros.
Anton Brekke, famoso detetive do departamento de homicídios da Kripos, irá liderar a investigação. Brekke é um homem de contrastes, com uma paixão secreta pelo póquer. Sem grande jeito para lidar com pessoas, a sua personalidade provocadora e rude rendeu-lhe poucos amigos na polícia. No entanto, as suas competências são inegáveis e, por baixo da fachada, tem um coração bondoso.
Nas livrarias a 11 de Fevereiro

Todos Devemos Ser Feministas - Edição Infantil Ilustrada
Chimamanda Ngozi Adichie (texto) e Leire Salaberria (ilustrações)
DOM QUIXOTE - Tradução de Simão Sampaio
Além de ser uma escritora notável e um modelo para as novas gerações, Chimamanda Ngozi Adichie é uma voz do feminismo e uma defensora da igualdade e dos direitos humanos. A sua palestra Todos Devemos Ser Feministas deu origem a um livro e, agora, a esta edição ilustrada e adaptada ao público mais jovem.
Nas livrarias a 18 de Fevereiro

Comente esta notícia


Ainda não existem comentários para esta notícia.

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal