loading gif
Loading...

Notícias



Novidades editoriais Leya para Março

11 Mar, 2020

Algumas das novidades editoriais da Leya para o mês de Março, entre elas, Rua de Paris em Dia de Chuva, de Isabel Rio Novo (DOM QUIXOTE); O Lugar das Coisas Perdidas, de Susana Piedade (OFICINA DO LIVRO); Recordações do Futuro, de Siri Hustvedt (DOM QUIXOTE); Bambi, de Mons Kallentoft e Markus Lutteman (DOM QUIXOTE) e Jubiabá, de Jorge Amado (DOM QUIXOTE).

Rua de Paris em Dia de Chuva
Isabel Rio Novo
DOM QUIXOTE
Na capital francesa, vivem-se tempos de profundas transformações, com a abertura dos grandes bulevares e o despertar de uma nova corrente artísti­ca, o Impressionismo, que irá alterar o olhar dos indivíduos sobre a arte e o mundo. Mas que história de amor à distância poderão experimentar o prota­gonista deste romance – um diletante chamado Gustave Caillebotte, amigo e mecenas de pintores como Monet e Renoir e, afinal, ele próprio um artista de primeira linha – e a sua Autora, que há anos persegue a história deste milio­nário triste e decide agora escrever sobre ela? E que papel desempenha nessa relação a enigmática Helena, uma professora de história da arte que parece saber tudo sobre Caillebotte?
Combinando o impulso histórico com a tentação do fantástico, Isabel Rio Novo – duas vezes finalista do Prémio LeYa – oferece-nos com Rua de Paris em Dia de Chuva uma peça literária fascinante acerca do poder da arte, que a confirma como uma das vozes mais relevantes da ficção portuguesa con­temporânea.
Nas livrarias a 24 de Março

 

O Lugar das Coisas Perdidas
Susana Piedade
OFICINA DO LIVRO
Numa pacata vila de província, uma criança desaparece misteriosamente a caminho da escola, deixando a mãe em estado de choque e os vizinhos incrédulos e alvoroçados.
No início, todos se oferecem para ajudar Mariana a encontrar a filha, mas, como sempre acontece nos meios pequenos, as intrigas, os medos e as desconfianças acabam por desenterrar histórias do passado e segredos que se julgavam a salvo, desencantando um culpado em cada esquina.
O caso torna-se ainda mais enigmático quando, na manhã em que a Alice sumiu, quase todos os que lhe eram próximos tiveram, curiosamente, atitudes estranhas, pelo que, entre tantos rostos conhecidos, talvez ninguém esteja, afinal, completamente inocente. E o pior é que a única pessoa que assistiu a tudo é também a única que não o poderá contar.
Num romance trepidante que mantém o suspense até à última página, Susana Piedade – finalista do Prémio LeYa com o romance As Histórias Que não Se Contam – regressa ao tema
da perda e da culpa, oferecendo-nos uma história profunda e surpreendente, na qual quase nada é o que parece.
Nas livrarias a 24 de Março

 

Recordações do Futuro
Siri Hustvedt
DOM QUIXOTE - Tradução de Tânia Ganho
Com 23 anos e o objetivo de escrever um livro, S. H. troca o interior rural dos Estados Unidos por um esquálido apartamento na exuberante Nova Iorque dos anos 70. Todos os dias, para combater a solidão e a fome, a rapariga parte à descoberta da cidade, que na época é suja e perigosa e repleta de aventuras. Tem como única companhia os heróis literários da sua adolescência – Dom Quixote e Tristram Shandy – e a voz de uma vizinha, Lucy Brite, que todas as noites lhe chega através da parede da sala, entoando um triste cântico e monólogos bizarros, que S. H. aponta num diário. A misteriosa Lucy rapidamente se torna uma obsessão.
Quarenta anos depois, a reputada escritora S. H. encontra o seu velho diário e o rascunho de um romance inacabado. Justapondo os diver­sos textos, ela cria um diálogo entre os seus diferentes «eus» ao longo das décadas, num jogo que transforma a narradora – e o leitor – numa espécie de Sherlock Holmes (S.H.) em busca da verdade possível entre a memória e a imaginação.
Nas livrarias a 24 de Março

 

Bambi 
Mons Kallentoft & Markus Lutteman
DOM QUIXOTE - Tradução de C.S.C. Marques 
O cenário com que os detetives da Polícia de Oslo se deparam numa das ilhas do arquipélago é surreal: jovens que ali se reuniram para festejar a noite de São João parecem ter levado a cabo um ritual que terminou numa carnificina. Os investigadores debatem-se com as mais variadas teorias, quando, alguns dias depois do primeiro incidente, ocorre outro «suicídio coletivo» entre jovens. A polícia continua sem saber o que aconteceu e é Zack e a Unidade Especial que devem resolver o mistério. Pela primeira vez em muito tempo, a vida de Zack parece andar nos carris, mas há um ditado que o persegue: «nunca podemos dizer que estamos bem». A vida dele é uma tragédia permanente, e parece difícil livrar-se dessa sina. Porém, Zack encontra uma forte motivação para resolver o mistério sobre o que aconteceu aos jovens e acredita poder descobrir a verdade por trás dos estranhos «suicídios». Bambi é o terceiro livro da série Hércules, um sucesso internacional de Mons Kallentoft e Markus Lutteman. 
Nas livrarias a 17 de Março 

 

Jubiabá - Nova Edição 
Jorge Amado 
DOM QUIXOTE 
Eis o romance que deu projeção internacional a Jorge Amado. A história das voltas e reviravoltas do órfão Antônio Balduíno – que vai de mendigo a músico, de pugilista a trabalhador em plantações de tabaco, de artista de circo a inflamado orador sindical. Aplaudido pela crítica e pelos leitores desde a sua estreia, em 1931, Jorge Amado viu a sua posição definitivamente firmada no panorama literário brasileiro com o lançamento de Jubiabá. Publicado em 1935, quando o autor tinha apenas 23 anos, este é um verdadeiro romance de formação, onde o escritor aborda um dos temas que lhe é mais caro – a força da cultura afro-baiana contra a opressão política e as injustiças sociais. O livro representou uma verdadeira revolução no romance brasileiro. Antônio Balduíno, a sua figura central, tornou-se um dos personagens mais populares da novelística do país, e Jubiabá foi o trampolim que projetou Jorge Amado no estrangeiro, através de uma série impressionante de traduções. 
Nas livrarias a 31 de Março 

Comente esta notícia


Ainda não existem comentários para esta notícia.

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal