loading gif
Loading...

Poema e Poesia de Maria Teresa Horta

Não terás para me

Dar

Quotidiano contigo

Abrigo

Corpo despido

Nem terás para me

Dar

A segurança do perigo

Mais do que o gesto

Ocupado

O afago

O desmentido

Não terás para me

Dar

O espanto de estar contigo. 

Voltar

Área de utilizador

Top 10 de vendas

Novidades

Faça o login na sua conta do Portal