loading gif
Loading...

Poema e Poesia de Alberto Caeiro

Mundo
Alberto Caeiro

Um Poente Triste

Nunca sei como é que se pode achar um poente triste. 
Só se é por um poente não ter uma madrugada. 
Mas se ele é um poente, como é que ele havia de ser uma madrugada? 

em "Poemas Inconjuntos" 

Voltar

Área de utilizador

Top 10 de vendas

Novidades

Faça o login na sua conta do Portal