Loading...

Poema e Poesia de Fernando Namora

Eles subiram o monte com o povo arrebanhado 
e padre-nossos nos lábios. 
Eles subiram o monte e eram negros, grandiosos e medonhos. 
Vinham de longe e diziam duma verdade nos lábios firmes e finos. 
Vinham de longe, de Missões do cabo do mundo; 
- da África? dos Brasis? – vinham de longe... 
E ficou aquela cruz branca e esguia 
erguida na serra. 
Sermões na igreja, comunhão geral 
e procissão na rua. 
Cristo, na cruz do alto, protegendo a freguesia – Hosana! 
Terra e gente ficaram santos nesse dia – Hosana! 
Hoje, todos sentem aqueles olhos parados lá do cimo 
- caminheiros da serra, viajante da estrada - 
todos sentem os olhos lá do cimo 
- olhar imóvel e indiferente 
daqueles que subiram o monte. 

Em 'Terra'

Voltar

Subscreva a Newsletter do Portal da Literatura

E recebe os destaques e as novidades no seu email.