Loading...

Selva Almada


Votos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de Utilizadores
Seja o primeiro a votar, clique na pontuação que deseja atribuír. Registe-se para votar.


1973 -

Biografia

Selva Almada nasceu na Argentina, em 1973.

Considerada uma das vozes mais poderosas da literatura argentina e uma das mais promissoras da ficção latino-americana, Selva Almada recebeu rasgados elogios com seu primeiro romance, El viento que arrasa (2012), considerado o melhor livro do ano no momento da publicação, e foi finalista do Prémio Tigre Juan (Espanha) com o romance Ladrilleros (2013).
É ainda autora de um livro de poesia e dos livros de contos Niños (2005), Una chica de provincia (2007) e El desapego es una manera de querernos (2015).

Raparigas Mortas (2014), o seu romance não ficção, foi finalista do Prémio Rodolfo Walsh, da Semana Negra de Gijón (Espanha), para a melhor obra de não ficção de género negro.
A sua obra encontra-se traduzida para português, francês, italiano, alemão, holandês, sueco e turco.
Co-dirige o ciclo de leituras Carne Argentina e coordena oficinas de escrita em Buenos Aires e no interior do país.

Livros escritos por Selva Almada

Raparigas Mortas (2017)



Comentários


Ainda não existem comentários para este questionário.

Voltar

Subscreva a Newsletter do Portal da Literatura

E recebe os destaques e as novidades no seu email.