loading gif
Loading...

Sinopse

Neste livro inclassificável, Clarice imagina uma personagem, Ângela Pralini, através da qual entra em conflito consigo mesma para se distanciar de si e evitar o pior dos plágios.
João Cezar de Castro Rocha afirma, na edição brasileira, que os livros de Clarice «se transformam sempre num mergulho no infinito de uma identidade à deriva».
Isso é particularmente válido para Um Sopro de Vida, publicado em 1978. A sua actualidade levou Pedro Almodóvar a escrever, em carta a Benjamin Moser, biógrafo de Clarice Lispector:
«O romance é recheado de frases memoráveis sobre a criação literária e a passagem do tempo, o desespero e a multiplicidade humana, incluindo a necessidade de se falar de si mesmo, a procura por um interlocutor e o facto de se encontrar isso dentro de si mesmo. Quero citar frases dela na edição em livro do argumento de A Pele Que Habito

Comentários


Ainda não existem comentários para este livro.

Avaliações

Edméa Silva avaliou com .
Renatha Correa avaliou com .
Regina Makarem avaliou com .

Favoritos

Edméa Silva adicionou aos favoritos
Renatha Correa adicionou aos favoritos
Regina Makarem adicionou aos favoritos

Outros livros de Clarice Lispector

Voltar

Área de utilizador

Top 10 de vendas

Novidades

Faça o login na sua conta do Portal