loading gif
Loading...

Sinopse

Não era um cão como os outros. Era um cão rebelde, caprichoso, desobediente, mas um de nós, o nosso cão, ou mais que o nosso cão, um cão que não queria ser cão e era cão como nós.

É um épagneul-breton a personagem principal do livro de Manuel Alegre.
Com "manchas castanhas e uma espécie de estrela branca no meio da cabeça". Cão... como nós. Como nós, porque sabe da amizade (o cão é o melhor amigo do homem), da solidariedade, protege a criança, consola o dono, pressente a desgraça, 'chora' a morte. Mas também é altivo e irrequieto. Às vezes desobediente e exibicionista. Chama-se Kurika, e acompanhou o escritor e a sua família ao longo de anos. Aliás, ele 'é' parte da família, diz Manuel Alegre.

Comentários


A mostrar os últimos 20 comentários:

Maria Rosário , 21/10/2021 17:52

Prosa poética. Ternurenta e bela.
Gostei muito.

1 0

Avaliações

Glória avaliou com .
carla Azevedo avaliou com .
Manuela Santos avaliou com .

Favoritos

Maria Rosário adicionou aos favoritos

Voltar

Área de utilizador

Top 10 de vendas

Novidades

Faça o login na sua conta do Portal