loading gif
Loading...

Por Quem os Sinos Dobram



Sinopse

Em 1937 Ernest Hemingway viajou para Madrid, com o intuito de aí realizar algumas reportagens sobre a resistência do governo legítimo de Espanha ao avanço dos revoltosos fascistas. Três anos mais tarde, concluiria a elaboração de um dos mais famosos romances sobre a Guerra Civil de Espanha, Por Quem os Sinos Dobram.

A história de Robert Jordan, um jovem americano das Brigadas Internacionais, membro de uma unidade guerrilheira que combate algures numa zona montanhosa, é um relato de coragem e lealdade, de amor e derrota, que acabou por constituir um dos mais belos romances de guerra do século XX.

Críticas ao livro " Por Quem os Sinos Dobram "

Fonte: Nós Todos Lemos

Iniciei a leitura do livro Por quem os sinos dobram e confesso que a linda narrativa deslumbrou já no primeiro capítulo. Especialmente pela profundidade com que o autor desnuda os personagens. São relatos fiéis dos conflitos humanos mesmo em meio ao cumprimento fiel de seus papéis, seja um oficial de guerra ou um cidadão civil quando o quadro de atuação é a guerra e seus embates.

A narrativa transcorre com Robert Jordan e sua missão de exterminar uma ponte sobre um rio em campo inimigo. O autor constrói os ambientes com extrema fidelidade, não somente pela própria experiência em vida quando teve a oportunidade de ser voluntário na primeira guerra mundial. É típico do autor a construção do ambiente indo além dos detalhes físicos mas perpassando o emocional, o psicológico do meio em que é construída a narrativa (fácil entender quem já leu O velho e o Mar).

Um livro inesquecível.

Fonte: Cozinha das Letras

Já queria ler este livro há bastante tempo. No entanto, só arranjei a oportunidade quando me encontrei a pesquisar sobre a Guerra Civil Espanhola e lembrei-me que esta poderia ser uma boa leitura nessa semana.

Se por um lado, posso dizer que gostei do relato da guerra (afinal, sendo Hemingway um jornalista, isto devia ser fácil para ele), por outro, a escrita não me agarrou nada, ainda que este não fosse de todo um livro de leitura compulsiva.

Para o propósito, ler este livro revelou-se bastante bom, aprendi imensas coisas sobre esta época, gostei bastante das personagens e houve vários aspectos focados que achei muito interessantes. Ainda assim, senti que faltava alguma coisa na história, o que fez com que não pudesse desfrutar completamente deste clássico.

Por quem os sinos dobram, é sem dúvida um bom relato a ler, mas no que me diz respeito, desiludiu-me um pouco no resto.

Classificação: 7/10 - Bom

Comentários


A mostrar os últimos 20 comentários:

Margarida Henriques , 08/01/2019 21:27

Guerra Civil espanhola. Livro chocante e comovente em simultâneo.Gosto particularmente deste livro e do pequeno texto que o introduz.“A morte de qualquer homem me diminui, porque sou parte do gênero humano. E por isso não perguntes por quem os sinos dobram eles dobram por ti”. Hemingway é um grande escritor intenso que sabe mexer com os sentimentos do leitot.

0 0

Maria Areal , 30/08/2018 21:33

De uma forma única, insere-nos por dentro da Guerra Civil de Espanha e deixa-nos colados ao chão. Os sinos dobram por toda a humanidade.

0 0

Avaliações

Vasco avaliou com .
Renatha Correa avaliou com .
miguelreal.pt avaliou com .
Maria Areal avaliou com .
Vasco Silva avaliou com .

Favoritos

Cris Garcia adicionou aos favoritos
Vasco adicionou aos favoritos
Margarida Henriques adicionou aos favoritos
João Lopes adicionou aos favoritos
Maria Areal adicionou aos favoritos
Vasco Silva adicionou aos favoritos

Outros livros de Ernest Hemingway

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal