loading gif
Loading...

Porquê Ler os Clássicos?



Sinopse

Os clássicos são livros de que se costuma ouvir dizer: «Estou a reler…» e nunca: «Estou a ler…» Um clássico é um livro que nunca acabou de dizer o que tem a dizer. Os clássicos são livros que quanto mais se julga conhecê-los por ouvir falar, mais se descobrem como novos, inesperados e inéditos ao lê-los de facto. Chama se clássico um livro que se configura como equivalente do universo, tal como os antigos talismãs. O nosso clássico é o que não pode ser-nos indiferente e que nos serve para nos definirmos a nós mesmos em relação e se calhar até em contraste com ele. 
A partir destas e de outras definições de clássicos que nos oferece no primeiro capítulo, Calvino vai dar resposta à pergunta que dá o título a este livro, numa série de brilhantíssimos ensaios que percorrem alguns dos pontos mais altos da literatura e do pensamento mundiais. "A Odisseia", Xenofonte, Ovídio, Plínio, o Velho, Tirant lo Blanc, Ariosto, Galileu, Robinson Crusoe, Cândido, Diderot, Stendhal, Balzac, Dickens, Flaubert, Tolstoi, Henry James, Robert Louis Stevenson, Conrad, Hemingway, Borges e muitos outros autores e obras definitivamente clássicos.

Comentários


Ainda não existem comentários para este livro.

Favoritos

Fernando Cordeiro adicionou aos favoritos

Outros livros de Italo Calvino

Voltar

Área de utilizador

Top 10 de vendas

Novidades

Faça o login na sua conta do Portal