loading gif
Loading...

Ponto Infinito



Sinopse

Ponto Infinito, Editorial Minerva, Setembro, 2018, constitui o último volume da quadrilogia dedicada pelo autor à poesia escrita entre 1972 e 2017, encerrando-se assim o projecto iniciado com a publicação de Sob Este Título, em Setembro de 2017, e acordado com a antiga, independente e prestigiada Editora, sem a qual não teria sido possível levar a cabo tamanha aventura.
A epígrafe ausente deste último livro não podia deixar de ser de Teixeira de Pascoaes: "O futuro é o passado que amanhece" (Turbamulta II, in Verbo Escuro, 1914).  

Comentários


A mostrar os últimos 20 comentários:

Isabel Pascoal , 05/10/2018 04:58

IMPRUDÊNCIA é um dos mais belos poemas deste livro. Mas também é a cúpula da tetralogia, dos quatro publicados.


ISTO NÃO É UM JOGO DE PALAVRAS.
Como diz o poeta na página 81.

Admiráveis os sonetos do primeiro livro. Admiráveis os sonetos. Ponto. Infinito.

0 0

Avaliações

Isabel Pascoal avaliou com .
Karlotti avaliou com .

Favoritos

Isabel Pascoal adicionou aos favoritos
Karlotti adicionou aos favoritos

Outros livros de José Pascoal

Quem gostou deste livro também gostou de:

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal