Loading...

Água, Cão, Cavalo, Cabeça



Sinopse

«Três cabides: um para pendurar o casaco, outro para pendurar uma corda já com o nó de enforcado. Outro cabide ainda: o chapéu.
Não podes ter o conhecimento integral das coisas.
Fumei um cigarro, uma t-shirt branca, a barba por fazer. Atravesso a rua já encasacado. Frio brutal. Pessoas de um lado para o outro a fazerem compras e no meio do passeio um rapaz de tronco nu, no meio deste frio brutal, de joelhos, com o tronco esticado e a cabeça baixa e a mão igual a um cabide, dirigida para a frente e para cima, aberta, a pedir.»
(de água, cão, cavalo, cabeça)

Comentários


A mostrar os últimos 20 comentários:

George Cassiel, 2006-06-01 17:18:56

"Claro que podemos errar e não voltar atrás para corrigir o erro porque o erro não é o ERRO o erro só começa no corrigir, errar e avançar não é errar: é avançar; errar e corrigir não é corrigir: é errar."
Gonçalo M. Tavares in. " Livro da Dança " assirio & alvim

Voltar

Top 10 de vendas

Novidades

Questão

Qual a secção do Portal da Literatura de que mais gosta?

Livros 47.74 %
Poesia 17.09 %
Também Escrevo 13.07 %
Escritores 10.05 %
Pensamentos 4.02 %
Adivinhas 2.51 %
Provérbios 2.51 %
Editoras 2.01 %
Vídeos 1.01 %

199 voto(s) até ao momento

Para poder votar é necessário estar registado no Portal da Literatura.
Registe-se

Este website contém 2911 autores e 7049 obras.

Subscreva a Newsletter do Portal da Literatura

E recebe os destaques e as novidades no seu email.