Loading...

A Noite das Mulheres Cantoras



Sinopse

Neste novo romance de Lídia Jorge, há uma pergunta que o percorre da primeira à última página: quantas vítimas se deixam pelo caminho para se perseguir um objectivo? A acção decorre no final dos anos 80 do século XX e invoca um tema de inesperada audácia – o da força da idolatria e a construção do êxito – visto a partir do interior de um grupo, narrado 21 anos mais tarde, na forma de um monólogo.

Extras

João de Lucena dizia – «Agora vocês precisam de se entregar ao trabalho, de tratar desses corpos sem música. Vendo bem, vocês só têm a música nas cordas vocais, na traqueia, no diafragma, mas têm de ter música no corpo inteiro, e mesmo no corpo que está à volta do corpo, na alma. Quando isso acontecer, vocês nem vão sentir que estão a interpretar música, vocês serão a música...»
 
A prelecção demorava dois minutos, e logo nos entregávamos àquelas deslocações fantásticas. Passávamos pelo espelho e víamos cinco pessoas estranhas, metamorfoses de nós mesmas, em corridas, esbracejamentos e saltos. Madalena Micaia, a mais pesada, por vezes deixava-se ficar para trás, chegava a sentar-se por terra, uma perna para cada lado, completamente estafada. Maria Luísa também se deitava no chão, exausta. O coração aos pulos. Transpiradas, sufocadas. Mas se era necessário, não havia outro remédio senão ir em frente.
 
Pag. 118 
 
 
 

Comentários


Ainda não existem comentários para este livro.

Voltar

Faça o login na sua conta do Portal

Subscreva a Newsletter do Portal da Literatura

e receba os destaques e as novidades no seu e-mail.